Hidroavoando

Sai de casa às 7h. Tinha que comprar soles, pegar minha passagem e ir de Tabatinga a Santa Rosa, onde o avião sairia entre dez e onze horas. Meio dia se atrasasse. Bem, tenho que aprender… Estou no Peru, e se o Amazonas é enrolado nem sei definir como é este país. Agora são 12h05min e só agora chegou o avião. Acabo de perguntar se ele fica muito tempo em solo, digo, em “água”, e escuto: “depende. Se a tripulação for fazer compras em Letícia ou Tabatinga demora um pouco mais”. E lá se foi meu primeiro dia de viagem embora.
Impressoes1604 Olha o avião chegando, sendo manobrado no Rio Solimões, sua pista aquática
Até nem foi embora e 13h10min, após o almoço da tripulação, inspeção da aduana (feita no restaurante mesmo) e de recebermos nossos coletes salva-vidas, iniciamos o vôo. Posso dizer que não foi o melhor vôo de minha vida. O problema foi tudo estar completamente branco, o frio que vinha das janelas e o aperto. O bom foi não ter os cintos de segurança que não servem para nada, ver a cabine de comando o tempo todo e ter conseguido dar uma cochilada. Viajamos com a bagagem debaixo dos bancos e bem apertados, mas … tudo vale a pena, pois minha alma não é pequena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s