Sofro de Fernweh!

Descobri porque vocês vão ter que ainda ler muitas impressões de viagem. Descobri o mal que me aflige. Já ouviram falar de Fernweh? Graças a José Ovejero, autor do sensacional China para Hipocondríacos, da Ed. Barcarola descobri o que eu sinto e que, com certeza acomete alguns outros desta lista. Vejam a definição desta palavra exclusiva da língua alemã definida pelo dicionário como “saudade da distância”, ou “nostalgia”:
“A nostalgia ou saudade do que está distante; uma dilaceração que sentimos por não estarmos em lugares longínquos, entre outras gentes, em paisagens cujas aparências desconhecemos, ouvindo ruídos cuja procedência ignoramos, vendo animais dos quais não sabemos os nomes, sonhando sermos, se não protagonistas, ao menos partícipes de histórias de que ainda não ouvimos falar. E de imediato nos vem a ânsia da busca, a vontade ardente de partir, talvez acreditando também que em outros lugares, em outro cenário, seremos mais felies, mais bonitos, mais livres… … não deixa de ser estranho que pessoas relativamente prudentes se permitam dominar pela dor da distância, e partam repetidamente para diferentes destinos, buscando… o quê? … estes falam não do passado, dos lugares que se recordam, mas sim do futuro, dos lugares que desconhecem.”
Sintam-se introduzidos então a esta minha nova viagem. Ao final algumas fotos da cidade… não tão pequena como as do Amazonas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s