Falta de visão… logo, falta de peixe

Estamos na época da piracema e, exceto pelos pescadores tradicionais (subsistência), ninguém pode pescar. Mesmo assim três lanchas com cerca de dez pessoas estão lá na área indígena. Vão descer o rio “passando o rodo”, ou seja, acabando com os peixes do próximo ano… e tudo em troca de cem ou duzentos reais para um “agrado” as lideranças. Por mais que saibam das coisas, a noção de tempo deles não é como a nossa, e assim não conseguem visualizar o futuro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s