Primeiras impressões de Normandia

Normandia. Nome francês para uma região bem brasileira. Aqui neste pequeno município de cerca de 7000 pessoas, totalmente encravado dentro da área da Raposa Serra do Sol passarei dez dias visitando diferentes comunidades. Não vou encontrar indígenas “bonitos para foto” como gostam os amigos do Sul. Os Macuxi com quem irei conviver tem escolas de ensino médio em suas comunidades (professores indígenas), assistem as novelas da Globo, sonham em ter carros, exatamente como eu e você. Mas ao mesmo tempo tem medo do canaimé, acham normal as crianças de 3 anos tomarem banho de rio sozinhas, cozinham com lenha dentro da casa de um único cômodo onde todos dormem em redes e se preocupam se o diesel vai dar até o final do mês para não ficarem sem a luz noturna – e a televisão!!, bem diferente de mim e de você.

Este é o rio Tacutu. Depois dele a gente entra na…

RAPOSA SERRA DO SOL!

1 comentário Adicione o seu

  1. Denise Guerra disse:

    Oi Altamiro, estou de volta ao Rio de Janeiro. Adorei a viagem e o contato com os indígenas Nambikwara e Paresi os quais tive o prazer de trabalhar e visitar duas aldeias. Coloquei fotos no orkut e no meu blog http://ecosdaculturapopular.blogspot.com vou postar aos poucos um pouco desta história. Já li suas últimas postagens e adorei a Jacinta. Também descobri muits coisas nesta viagem. Apareça! bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s