TERRA INDÍGENA ANAUÁ

Estou em outra terra dos WaiWal, onde existem duas aldeias: Xaari (bambu) e Anauá, as margens do rio que também batiza a cidade: São Luiz do Anauá.

No Xaari reflito sobre o grande dilema de todos povos indígenas. O que é melhor: a vida tradicional ou a influência da cidade? O Xaari foi ocupado após a demarcação da terra e a maioria dos moradores veio de outras comunidades. A aldeia fica cerca de 30 minutos de carro para a cidade, com todos os benefícios – e malefícios – que advém daí. Longe do rio não há a fartura do peixe, a caça e a tranqüilidade para plantar e colher. Suas crianças não têm a liberdade de passar o dia banhando nem estudam em língua nativa, o que enfraquece sua coesão e seu elo com sua história. No Xaari a mata já deu lugar ao pasto, a escola é a mesmo da comunidade próxima e a influência da cidade é mais nítida: televisão, cáries e motos. Qual a melhor escolha?

IMG_9343

 

OBS: Este post faz parte do texto integral das Impressões Amazônicas 63

1 comentário Adicione o seu

  1. Marcelle disse:

    Dificil mesmo analisar, ainda mas você que conhece as duas realidades. Está de novo inserido em uma tribo, que legal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s