Cachoeira do Tamanduá: Palco da Usina de Cotingo

As autoridades não desistem de interferir nas terras indígenas. Depois do absurdo, descalabro e imbecilidade de Belo Monte, um dos vários alvos da fome energética deste Brasil que quer crescer sem maiores preocupações com o desenvolvimento é a Usina de Cotingo, na Terra Indígena Raposa Serra do Sol.

Sobrevoei a cachoeira algumas vezes e sua beleza encanta. Mais do que a sua força e potência assusta a área prevista para o lago que desalojará algumas comunidades, como veremos no post de amanhã.

09 01 Flechal (99)

09 01 Flechal (92)

09 01 Flechal (102)

1 comentário Adicione o seu

  1. è mesmo um descalabro o que estão querendo fazer com as terras virgens do Brasil. E com os indígenas, verdfsadeirtos donos delas?
    Insista, Altamiro!!!
    Escreva, fale, faça com que uma multidão tome conhecimento desse assunto popuco tratado pela imprensa comum que só quer mamar das grandes empresas e repartições corruptoras. É preciso gritar, alto e bom som, para que os responsáveis honestos e dignos, como é o caso da própria Presidenta DILMA, venham a tomar ciência de que tyem gente contra e que há necvesidad de um estudo aprofundado e criterioso para não entregart o que é nosso. Há muito tempo, americanos do norte e europeus desejam a Amazônia e nossas outras matsas… Que continuem desejando, jamais as terão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s