Chegando na aldeia Rio Vermelho

Da pista vejo uma cachoeira que deve ser majestosa na época de chuva, escorregando graciosa por um alto paredão. Um rapaz de cabelos longos presos em um rabo de cavalo chega com um carrinho de mão para transportar minha carga. Ele vem de calça sapatos sociais. Estranho em um mundo que sou recebido de bermuda e chinelos. Caminho atrás dele e mergulho na Amazônia que imaginava e difícil de encontrar: a exata mistura entre a cultura nativa e a civilização de fora. É por instantes como este que estou aqui.

IMG_0626

Este post faz parte das Impressões Integrais 83

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s