A cirurgia nas aldeias!

O sucesso não é fácil. Sincronizar atendimentos, voluntários, cirurgias não é tarefa para uma única pessoa. Assim, pelos Expedicionários, o ortopedista Ricardo Ferreira e a coordenadora de logística Márcia Abdala se multiplicam em vários. Vão de um lado para o outro. Perguntam, falam, estimulam, cobram. Quando você procura por eles por aqui, já foram por ali. O pessoal do Distrito Indígena, coordenado pela administradora Ivanilde, está todo no mesmo pique.Todos estão motivado, e até as ondas do rádio estão livres para que o pessoal possa comunicar o sucesso das cirurgias e o retorno dos pacientes para casa.

IMG_0387 O enfermeiro chama… é a hora.

IMG_0451 A cirurgia é como em qualquer outro hospital.

IMG_0663 No pós-operatório o paciente também sai de maca. Só não tem rodinha.

IMG_0463O repouso é na rede.

Este post é parte das Impressões Integrais 88

1 comentário Adicione o seu

  1. Onde há solidariedade há UNIDADE, ONDE HÁ UNIDADE HÁ amor! Vamos em frente!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s