A noite chega em Joanes

Noite, Não escuto barulho de sapos ou grilos. O vento e as ondas discutem para ver quem canta mais alto. O vento sacode as folhas das árvores, que fazem a segunda voz. O mar, barítono, tem fôlego profundo. Fico quieto. A natureza estimula meus cinco sentidos: o cheiro e o gosto do mar chegam até a mim, trazidos pelo mesmo vento que esfrega minha pele, e que canta em conjunto com as ondas, que refletem em meus olhos, a luz da lua, única testemunha desta noite.

IMG_0216

IMG_0218a

Este post faz parte das Impressões Integrais 90

1 comentário Adicione o seu

  1. Lídia Pantoja disse:

    Realmente, a noite em Joanes é única… experiência maravilhosa… lugar ímpar. Com boa companhia então, o resultado é a perfeição!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s