Conhecendo Belterra

Belterra já foi uma cidade rica, repleta de americanos que moravam em grandes casas de madeira e possuíam hospital e salões de baile importados de sua terra natal. Tudo isso na época que a borracha brasileira era exportada a preço de ouro para todo mundo. Hoje a maior riqueza do município são suas praias e sua história. Passeamos pelas largas avenidas onde muitas casas se mantém firmes apesar dos anos, espremidas entre a floresta, ainda presente e o asfalto. Mergulhamos por curto tempo na história, pois o que queremos é mergulhar nas águas mornas do rio Tapajós. Pindobal e Aramanaí são nossas metas.

casas de belterra (7)casas de belterra (5)casas de belterra (6)

As grandes casas se escondem em meio as árvores. Na praça um pequeno coreto recebe os visitantes.

casas de belterra (3)casas de belterra (2)

De frente de Santo Antonio o Club Forró da Bagaça… Já sai da festa de frente para o perdão!

Este post é parte das Impressões Integrais 96 – Clique e leia o texto na íntegra.

1 comentário Adicione o seu

  1. Ambrogio Vittadini disse:

    Muito obrigado! estou feliz em ver de volta “Impressões Amazônicas)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s