Bem vindos a Cavalcante

Aqui em Cavalcante comemos na padaria caseira de Dona Helena. O preço é pra lá de convidativo, mas o sabor é o que nos conquista. Não tem muita variedade: diariamente pão, pão de queijo, “quebrador”, café e leite. Dois sabores de bolo variam a cada dia e pode surgir também algo novo, como um biscoito…

Rancho Kalunga–Vale a visita

Rancho Kalunga. Paramos para comer uma comidinha bem tradicional: salada, abobrinha, jiló, abóbora, beterraba, peixe, porquinho e frango. Pergunto que espécie de peixe é escuto: “tambaqui”. Surpreso, comento ligeiro que não imaginava encontrar tambaqui por ali e ela me responde: “Trazemos de fora. Os peixes daqui são muito pequenos”. Logo descubro que de fora também…

Bem vindo a Cachoeira Santa Bárbara–Cavalcante

A cachoeira é bem bonita, embora pequena. Para uma cachoeira considerada uma das mais bonitas do Brasil esperava mais além de águas azuis. – Não é essa! – grita o guia. – A gente passa por cima da queda e continua. É só um aperitivo. Subo mais um pouco e… … … Uau! Não há…

Quilombo organizado!!!

Hoje, pick-ups poderosas atravessam a serra levando turistas ávidos por conhecer as trilhas e cachoeiras da região, especialmente a Santa Bárbara, poço encantado e nosso destino. Na comunidade somos recebidos em um organizado Centro de Apoio ao Turista, onde os guias se identificam (se for sem guia é obrigatória a contratação de um no local)…

No rumo do Quilombo do Engenho

– Está vendo aquela serra lá longe? – me pergunta Catitu, nosso guia em Cavalcante, cidade goiana na Chapada dos Veadeiros. Ao longe uma serra domina o horizonte e imagino que lá está a comunidade quilombola do Engenho, repleta de cachoeiras e preservada por anos pelo seu isolamento. Longe mesmo, penso eu, respondendo: – Distante…

De cara gostei de Aramanaí

Uau! De cara gostei de Aramanaí. Cabanas de dois andares se acomodam suaves diante do rio que molha nossos pés enquanto petiscamos no andar de baixo. O andar de cima nos protege do sol e é ocupado pelos que querem pagar uma pequena taxa que garante mais sombra, uma linda vista e um pouco de…

Impressões de Pindobal

Pindobal é uma praia básica. Uma faixa de areia com barraquinhas que se espalham diante do rio, ondas suaves e sol generoso. Para quem está acostumado, faltam os recortes, coqueiros e recifes do mar. Isto não tira o mérito e a diversão é garantida, até chegar um barco enorme com caixas de som maiores ainda,…

Conhecendo Belterra

Belterra já foi uma cidade rica, repleta de americanos que moravam em grandes casas de madeira e possuíam hospital e salões de baile importados de sua terra natal. Tudo isso na época que a borracha brasileira era exportada a preço de ouro para todo mundo. Hoje a maior riqueza do município são suas praias e…

Destino: Ponta de Pedras

Hoje o destino é Ponta de Pedras. São cerca de 12 km sacolejando na estrada de lama, digo, de terra. Não é necessário um 4×4, mas um carro pequeno vai sofrer por aqui. Quando chegamos… Onde estão as pedras que deram nome à praia? Não encontramos e resolvemos rodar um pouco mais… Nada…. Resolvemos voltar…

Carnaval do Mela-mela em Alter

Fora da praia todos se preparam para o Carnaval, que em Alter é comemorado com o “mela-mela”. Por todo lado foliões de todas as idades andam com caixas de maisena que se tornam armas de batalhas encarniçadas e deixam todos com cabelos tão grisalhos quanto os meus. É divertido e, quando menos imagina, há gente…

Alter do Chão… Beleza submersa

Em cada dia aqui, uma praia no roteiro, dentre as muitas que se espalham pelas margens do rio Tapajós, por muitos considerado o mais bonito da Amazônia. Infelizmente as chuvas e as cheias deixaram suas águas meio barrentas e encolheram as praias. Aqui na Amazônia é assim… certas épocas algumas praias literalmente somem, escondidas debaixo…