Bem vindos a Cavalcante

Aqui em Cavalcante comemos na padaria caseira de Dona Helena. O preço é pra lá de convidativo, mas o sabor é o que nos conquista. Não tem muita variedade: diariamente pão, pão de queijo, “quebrador”, café e leite. Dois sabores de bolo variam a cada dia e pode surgir também algo novo, como um biscoito…

Rancho Kalunga–Vale a visita

Rancho Kalunga. Paramos para comer uma comidinha bem tradicional: salada, abobrinha, jiló, abóbora, beterraba, peixe, porquinho e frango. Pergunto que espécie de peixe é escuto: “tambaqui”. Surpreso, comento ligeiro que não imaginava encontrar tambaqui por ali e ela me responde: “Trazemos de fora. Os peixes daqui são muito pequenos”. Logo descubro que de fora também…

Bem vindo a Cachoeira Santa Bárbara–Cavalcante

A cachoeira é bem bonita, embora pequena. Para uma cachoeira considerada uma das mais bonitas do Brasil esperava mais além de águas azuis. – Não é essa! – grita o guia. – A gente passa por cima da queda e continua. É só um aperitivo. Subo mais um pouco e… … … Uau! Não há…

Quilombo organizado!!!

Hoje, pick-ups poderosas atravessam a serra levando turistas ávidos por conhecer as trilhas e cachoeiras da região, especialmente a Santa Bárbara, poço encantado e nosso destino. Na comunidade somos recebidos em um organizado Centro de Apoio ao Turista, onde os guias se identificam (se for sem guia é obrigatória a contratação de um no local)…

No rumo do Quilombo do Engenho

– Está vendo aquela serra lá longe? – me pergunta Catitu, nosso guia em Cavalcante, cidade goiana na Chapada dos Veadeiros. Ao longe uma serra domina o horizonte e imagino que lá está a comunidade quilombola do Engenho, repleta de cachoeiras e preservada por anos pelo seu isolamento. Longe mesmo, penso eu, respondendo: – Distante…