Alta´s Impressões 102 – Roraima

Hoje está calor em Boa Vista. Ontem estava calor. Amanhã estará calor. Nos dez anos que moro por aqui não lembro de um único dia que eu tenha precisado colocar manga comprida. O que muda é: calor com chuva ou calor com sol. E mesmo na opção calor com chuva, há intervalos em que o…

Cuidado com as piranhas

Em Recife devemos tomar cuidado com os tubarões. Em Boa Vista, neste verão o cuidado era mesmo com as piranhas. As placas estavam lá, alertando o público. Mesmo assim ninguém parecia estar com medo. Acho que hoje em dia ninguém mais tem medo de piranha!

ACERVO DE CANÇÕES INDÍGENAS DA AMAZÔNIA CHEGA NA INTERNET

FONTE: http://amazoniareal.com.br/acervo-inedito-de-cancoes-indigenas-da-amazonia-chega-na-internet/ Equipe registra dança e música de comunidade indígena de Roraima. A diversidade musical das comunidades indígenas do norte do Amazonas e do Estado de Roraima foi reunida em uma inédita e rica coletânea. São quase quatro horas de 80 faixas musicais de grupos indígenas das etnias baniwa, wapichana, macuxi e tauepang, resultado do…

Impressões do que li… Inia–Uma Aventura Amazônica

Autora: Marcela Marques Monteiro Editora: Novo Século, 2013 Quer conhecer Roraima sem sair de casa? Eu não acho que vale a pena, pois o Estado reserva várias surpresas para o viajante – embora todas bem escondidas e necessitando de tempo para serem descobertas e desfrutadas. Inia – uma aventura amazônica é a dica. É escrito…

Bioproteção nas Aldeias

As vezes as pessoas acham que só por estarmos trabalhando em aldeias, não é necessário bioproteção. Isso é que não. Vejam o cuidado para a realização dos testes rápidos de HIV, sífilis e Hepatite. Pode ser na malocas mais simples, mas tudo tem que ser bem feito.

Olha o que aprendi com seu Hernesto

Seu Hernesto me ensina também algumas palavras de Wapixana, e com elas me despeço. Só não escrevo a pronúncia, pois a língua enrola pra falar e não consigo reproduzir o som e a entonação necessários, mas vale a intenção: Ungary naydap pygary! Gosto de você! Abraço no coração e até a próxima.   Este post…

As pernas fracas de seu Hernesto

As vezes reclamamos das distâncias que percorremos para o trabalho ou estudo. Aqui tudo é mais difícil, além de não haver transporte público, o sol é equatorial, cega e esgota, e mesmo assim as pessoas não reclamam… ou reclamam pouco. Um dos que reclamou foi seu Hernesto, professor de língua materna e que dá aula…

Comunidade Bom Jesus… um pedacinho do paraíso

Na Aldeia Bom Jesus seu Dionísio é o tuchaua. Aqui ele “manda e faz chover”. Cansado das confusões na Raposa Serra do Sol, antes da demarcação, procurando um lugar sossegado para a família de muitos filhos, ele encontrou um lugarzinho escondido na Terra Indígena São Marcos. Nem todo mundo fica feliz com nosso trabalho… as…