Caverna Waxaro, despedida do Monte Roraima em grande estilo

Visão para poucos, que fui conferir na beira do abismo antes de seguir a Caverna de Waxaro, onde caminhamos cerca de 100 metros, penetrando no interior do Roraima e seguindo um pequeno rio subterrâneo que acabava se dividindo em duas cachoeiras de cerca de dois metros em um amplo salão. Este foi o fecho de…

Cachoeira Kukenan

Agradeci pela nova experiência e também pela água ter enchido a Cachoeira Kukenan, no tepui vizinho, considerada uma das dez mais altas do mundo. Chuva de verão não dura tanto, e logo tínhamos a visão privilegiada do véu da Kukenan.   OBS: Este post faz parte do texto integral das Impressões Amazônicas 65

Pegando chuva no topo do Monte Roraima

Agora estou no ponto mais alto do Monte Roraima. O cenário, mais uma vez é único, e mesmo aqui, bem perto do céu, encontramos plantas de vários tipos. No imenso platô abaixo de nós se espalham outros cumes, gigantes de pedra que não fazem frente ao nosso mirante. Atrás de nós um abismo sem fim,…

O Caminho Branco do topo do Monte

Nos caminhos o segredo é sempre seguir a “trilha branca”. O caminho mais pisado desgasta a rocha que fica com um aspecto mais claro. Lembra o caminho de Oz em sua versão albina. Um passo de cada vez. Sempre. Ignorando bolhas, sol, frio, chuva, dores. Superar os obstáculos aqui é um exemplo para a vida,…

Quando baixa a neblina no Monte Roraima

As longas caminhadas com mais de 12kg nas costas tem cobrado o seu preço, e o meu ritmo, assim como o dos demais, é nitidamente menor. O sol que nos ajudou o tempo todo hoje começou a se esconder. Subitamente vem a neblina e tudo some. A visão se restringe a pouco mais de cinco…

Abismos do Monte Roraima

Legal aqui é que é tudo tão grande e distante que quase não vemos outras pessoas. Há sempre uma visão única, um abismo estonteante, uma formação sem igual.   OBS: Este post faz parte do texto integral das Impressões Amazônicas 65

Natureza vitoriosa

Na aridez da montanha qualquer dobra na rocha se torna um oásis. Primeiro acumula-se areia dos blocos de rocha que se esfacelam. Depois vem pequenas plantas, musgos, bromélias, todas adaptadas a altitude e oscilações de temperatura. Vida que brota onde menos se espera, formando ilhas de vegetação.   OBS: Este post faz parte do texto…

No ponto tríplice do Monte Roraima

Chegamos ao ponto tríplice, onde Guyana, Venezuela e Brasil se encontram. Deixando o ufanismo de lado questiono como um lugar destes não é na verdade um Patrimônio da Humanidade. Até quando precisaremos de marcos e divisas?   OBS: Este post faz parte do texto integral das Impressões Amazônicas 65

Cenários únicos do Monte Roraima

Chegamos aqui após todo o dia de caminhada. Já falei das formações rochosas. Algumas lembram Sete Cidades (PI). Outras o Vale da Lua (GO) ou a Chapada dos Veadeiros (MT). Sempre há referências, mas o diferencial é que aqui tudo se junta em um único lugar. Quanto mais andamos, mais diferentes são as formações, que…

O Vale dos Cristais no Monte Roraima

5º Dia Minha barraca já foi armada em um pequeno “hotel” na encosta de outro monte, o “hotel dos cristais”. Aqui é pequeno e viemos para ficarmos mais perto do Vale dos Cristais. A minha barraca só tem 3 pontas fincadas no chão. A quarta está flutuando, solta no céu… Não é a sensação de…

Nos hotéis do Monte Roraima… também temos inconvenientes…

Nos “hotéis” sou apresentado ao maior inconveniente da viagem. Somos hóspedes da natureza e como tal não podemos poluir. Em nada. Nem mesmo com nossos dejetos mais pessoais… assim o guia nos instrui sobre como “fazer em um saquinho”… Acho que dá para entender, não? O saquinho é armazenado em uma espécie de pequeno balde…