História de terror indígena no hospital

Nossa ignorância por vezes é cruel com os indígenas que devemos socorrer. Recentemente, para nossa alegria, um pequeno curumim teve alta da UTI. Como já contei, até estarem grandes as crianças dos grupos Yanomami não tem nomes, assim são registrados no hospital como Filho de… ou Filha de… Assim, lá fomos nós chamar a Cecília…

Crianças Yanomami no Hospital… impressões tristes…

As vezes quando estou na unidade semi-intensiva com algum Yanomami meu pensamento viaja e fico imaginando que mundo é este, em que vivemos, aos olhos deles. Lembrem que muitos vivem em um mundo onde não há veículos, os sons são os da floresta e dos cânticos nos dias de festa e a luz se acaba…