Pegando chuva no Manalai

Estou no barco e a chuva não dá trégua. Espero que ao menos a gente atenda muita gente. Minha capa de chuva daqui há pouco não vai agüentar mais. O AIS Nonato se protegendo da chuva e do vento.   OBS: Este post faz parte do texto integral das Impressões Amazônicas 66

Banho de chuva para lavar a alma

Mais tarde seguimos para a Aldeia Jatapuzinho. Agradeço o tempo fechado que alivia o calor. Garças de diferentes tipos, araras, andorinhas e martins-pescadores nos acompanham. De longe parece vir chuva. De perto tenho certeza. O piloto pede para esticarmos uma lona sobre nossas mochilas e também nos cobrimos. Arrependo-me de ter deixado a capa de…