Encerrando a série do Marajó

Tudo bem, já está na hora de mudar o tema… a Amazônia é grande… mas o Marajó rendeu fotos que ficaram fora de qualquer classificação e não gostaria de deixar de postar. Praia de Joanes Igrejinha de Salvaterra Búúúúúúúfalos! Gaivotaaaaaas!!! Dois troncos de mangue que se abraçam! Praia de Pesqueiro Obrigado Marajó!!! Este post faz…

Cenas da vida regida pelas águas no Marajó

Gente, tenham paciencia… foram mais de 3000 fotos… assim ao menos umas eu acho que se salvaram dentre as inúmeras que foram deletadas sem dó nem piedade… risos… Travessia de Balsa – São várias as travessias no Marajó, que é todo cortado por rios. Em cada uma, após uma espera de até duas horas, carros,…

Dicas… Pousada Ventania – Praia de Joanes, Ilha do Marajó

Seu quarto fica no alto da falésia… por cima de uma pequena mata, tendo o rio-mar-baía lá embaixo. O nome não é propaganda enganosa. Venta. Venta muito. E o vento nas árvores, as gaivotas voando no horizonte e a imensidão da água… porque não importa se é rio, mar, baía ou os três em um,…

Imagens diferentes do Marajó

A “casa-coração” de Salvaterra. Legal, não? O Amor é lindo! Muro de Garrafa Pet! Muito legal!!! Meu filho voador! Carcará na praia… visão não muito comum. Este post faz parte das Impressões Integrais 90

Marajó… mal fui embora, mas já quero voltar. Saudade no coração.

“Para a maior parte das gaivotas, não é voar que interessa, mas comer. Para esta gaivota, entretanto, não é comer que interessava, mas voar” – Fernão Capelo Gaivota – Richard Bach Acho que para esta o que interessa é bailar… Este post faz parte das Impressões Integrais 90

A noite chega em Joanes

Noite, Não escuto barulho de sapos ou grilos. O vento e as ondas discutem para ver quem canta mais alto. O vento sacode as folhas das árvores, que fazem a segunda voz. O mar, barítono, tem fôlego profundo. Fico quieto. A natureza estimula meus cinco sentidos: o cheiro e o gosto do mar chegam até…

Imagens de Joanes… 1

JOANES Joanes. Encerro minha viagem na antiga vila de pescadores marajoara, que mantém ao lado da igreja, ruínas que testemunham, do alto de uma falésia, a eterna luta do mar contra o rochedo. Dia após dia as ondas, empurradas pelo vento se sucedem na lenta destruição da pedra.     Este post faz parte das…

Comendo maniçoba no “Fundo de Quintal”

A placa está ali… escondidinha… e a gente segue pelo corredor por trás do portão… Na saída do Museu do Marajó, bateu fome e vim parar no “Fundo de Quintal”, restaurante da Dona Zezé, também funcionária do museu. Não sei se é sempre assim ou se dei sorte, mas o cardápio era: pirarucu, maniçoba e…

Os computadores-caipira do Museu do Marajó

Exemplos de computadores caipiras.. Vai girando a manivela e as informações vão aparecendo. Na frente o nome em tupi, atrás de cada plaquinha a explicação do nome. Vamos abrindo e descobrindo as informações. Receita para criança não fazer xixi na cama… Este post faz parte das Impressões Integrais 90