No mercado de Belém com guarda-costas

No meu segundo dia de Iquitos fui conhecer as comunidades indígenas “pra turista”. Fui com um motorista de motocarro, que havia conhecido guiando dois alemães em Quistococha e que havia sido recomendado. Em primeiro lugar fomos a agência de turismo onde fui comprar meu bilhete de volta para o Brasil. Lá, sobre um grande mapa…