Filosofando sob as estrelas

Depois meu pensamento questiona as motivações da fé para este povo. Será a vontade de adorar? Quem será, para eles, este Cristo que talvez se confunda com as crenças dos antepassados, contadas de boca a ouvido, em noites ao pé do fogo e família reunida, momentos que não voltam mais nas aldeias invadidas pela energia…

Noite estrelada…

Tanto trabalho tem sua compensação. A comida é farta e gostosa e depois da janta é hora de brincar de hipopótamo, de molho no lago, só com os sorrisos de fora. Para relaxar piadas e histórias dos pacientes, como a senhora que ao tirar o tampão da vista começou a correr de um lado para…

Noite estrelada

Depois do dominó me retiro para a barraca, onde escrevo para vocês, agradeço por mais um dia e só sou ninado pelas canções da natureza. boa noite Este post faz parte das Impressões Integrais 77

Fim de tarde na aldeia. Hora de descansar

Quando acabamos, quase quatro da tarde, nós do primeiro vôo ainda sem comermos, não havia mais como atender ninguém. Assim o resto do dia foi para “arrumar a casa”, preparar refeição, tomar um belo e merecido banho e… descansar. Jantamos ao entardecer, já de banho tomado. O sol se vai preguiçoso por trás das montanhas…