As aves que aqui voam, não voam como lá

No céu azul da floresta-cidade, as aves que aqui voam, não voam como lá. Voam pássaros-aviões e aves-helicópteros. Para lá e para cá. São Paulo já tem uma das maiores frotas do mundo. A cidade já não cresce apenas para os lados e por dentro da terra. Veloz e voraz, cresce para os céus, que…

Da selva real para a selva de pedra

Mudo de selva. Minha visão, habituada as imensidões de verdes, se perde agora entre os tons cinzentos da metrópole. Cinza-chumbo, cinza-prédio, cinza-asfalto, cincza-fumaça. Cinzas de todos os tons ou todas as faltas de tons.    De uma paisagem para outra em algumas horas Este post faz parte das Impressões Integrais 79

Pros manos Paulistas! Imperdível

Pena que não estarei mais em Sampa. Quarta-feira, dia 14 acontecerá o lançamento de São Paulo 1971-2011, na Livraria da Vila  – entrada franca. Os autores são todos daqueles que a gente se deleita em ler e o trabalho é recheado de fotos que ilustram os contos. Destaco Vanessa Bárbara, amiga querida de quem sou…

Imagens Aéreas de São Paulo… selva de pedra

O termo é velho, mas como definir São Paulo? Uma selva de pedra, cinza e concreta. Beeem diferente das imagens dos lavrados roraimenses. Tem a sua beleza, não nego, mas nada que se compare com a selva verde.

Dança Flamenca em SP – Eu recomendo!

 Dia 16 de dezembro! Vale a pena!!! Você já foi a um show de dança flamenca? Vá! Assista! E se estiver em SP, assista este, pois a minha amiga que recomendou dança flamenco há muitos anos e não ia recomendar a toa. Todas as vezes que fui assistir a Luciana dançar voltei feliz. É um…